Maiores salários dos jogadores brasileiros

ronaldo-fenomeno-c7c34Se você conhece o blog/site Futebol Finance, que nasceu ano passado em Portugal, terá visto em 16 set 2009 o artigo deles sobre os maiores salários dos jogadores brasileiros a nível mundial. Destes, apenas um está no Brasil, que é o Ronaldo.

Antigamente, dizem eles, os times europeus procuravam jogadores aqui no Brasil pois diziam que tinham talento e pagava-se pouco. Agora é diferente…. “Atualmente qualquer clube Europeu de topo que queira um jogador brasileiro de qualidade, tem que lhe oferecer um bom salário pois a procura de qualidades técnicas continua a ser grande.”

Apenas para você babar:

- o jogador que mais ganha é o Kaká, que está no Real Madrid: 9 milhões de euros/ano.

- jogadores que ganham de 5 a 7 milhões de euros: Robinho (7,6MM), Diego (7,0MM), Ronaldinho Gaúcho (6,5MM), Deco (6,0MM), Rivaldo (5,0MM).

Se você pensar só no Brasileirão, a lista começa com o Ronaldo (3,6MM de euros), depois Adriano (1,7MM) e vai assim.

Bom esqueça este negócio de grana por enquanto, porque a gente ainda está na busca de uma vaguinha… :-) Mas não esqueça do blog/site Futebol Finance porque vale a pena navegar lá às vezes para saber o que rola neste mundo do futebol.

Futebol Finance: http://www.futebolfinance.com

Matéria Os salários dos jogadores brasileiros 2009

Campo de futebol ou terrão?

Football_iu_1996É muita coragem e força que algumas pessoas tem para organizar um grupo de jovens que querem jogar futebol profissional e treiná-los. Usam um campo que alguém cede ou aluga, e começam os treinos. Em geral, no sábado, porque a garotada trabalha ou estuda durante a semana e não pode vir outros dias. Os horários são marcados mas não são muito cumpridos e, por isso, quem se decide a jogar tem que saber que vai ficar lá quantas horas for preciso.

Às vezes tem vestiário, outras vezes tem um banheiro, onde você se troca. E deixa as mochilas. Dependendo do lugar, sujeito a voltar e ver que foi roubado.

Tudo isto é complicado mas a gente enfrenta, pois o que vale é o objetivo de chegar lá, em um time profissional.

No entanto, difícil mesmo são os campos de futebol. Em geral, são terrões, sem grama alguma e muito menos sinalização de área. Às vezes tem uma baliza  com as traves enterradas no solo e uma faixa branca, debaixo da trave. Mas quando tem…

Jogar e dar de cara com um buraco nestes terrões é muito fácil. E lá pinta uma luxação, se é que não quebra o pé. Muita improvisação.

Tá certo, o pessoal que organiza os jogadores não tem dinheiro. Mas fico pensando que um país como o Brasil, tão cheio de talentos, deveria ter uma forma de fazer campos de futebol para os jovens. Quando existem, e são bons, estão em parques, onde a gente tem que pagar para alugar ou estes empresários de jogadores tem que fazer acordos para treinar. Outro dia fui alugar um campo destes, em um parque de Sao Paulo, e só tinha vaga para 2 meses para a frente, em um horário de almoço…

Por que campo de futebol não é um equipamento tão normal como é um parquinho de crianças para brincar? Não entendo isto, não. Por mais que queira…

Uma terra que gerou Pelé, Garrincha, Ronaldo Fenômeno, e tantos outros, deveria ter um campo de futebol em cada comunidade, com grama, com baliza, com marcação no chão… Não estamos falando de um investimento tão alto assim…

quebrapotes_thumbLembro daquela brincadeira que a gente fazia quando criança, pendurando coisas na trave para quebrar. Quebra-pote, nas festas juninas. O pessoal usava as traves para colocar os postes e as crianças iam quebrá-los de olhos vendados. Naquele tempo tinha graça, hoje, que quero me profissionalizar, me deixa triste ver este estado de coisas…

Fonte: http://www.inmetro.gov.br

Manchester United. A marca mais valiosa.

manchesterO Manchester United é o clube com a marca mais valiosa, segundo estudo da Brand Finance, empresa independente que avalia marcas. A pesquisa revelou que o clube inglês tem o nome avaliado em 372 milhões de euros, à frente dos espanhóis Real Madrid (339 milhões de euros) e Barcelona (300 milhões de euros). O alemão Bayern de Munique e o inglês Arsenal completam o top five do relatório com marcas avaliadas em 279 e 227 milhões de euros, respectivamente.No resultado do estudo intitulado “Most Valuable European Football Brands 2008″, foi constatado que a marca dos 20 clubes europeus listados totalizam 2,9 bilhões de euros. Cerca de 51% deste valor está concentrado nos cinco primeiros lugares do ranking. Atual campeão da Liga dos Campeões da Uefa, o Manchester United registrou um aumento de marca de 25% em relação à última temporada.Confira os 20 clubes europeus com a marca mais valiosa (em euros):

1-) Manchester United (Inglaterra): 372 milhões /2-) Real Madrid (Espanha): 339 milhões /3-) Barcelona (Espanha): 300 milhões /4-) Bayern de Munique (Alemanha): 279 milhões /5-) Arsenal (Inglaterra): 227 milhões /6-) Chelsea (Inglaterra): 203 milhões /7-) Milan (Itália): 174 milhões /8-) Liverpool (Inglaterra): 153 milhões /9-) Inter de Milão (Itália): 113 milhões/10-) Juventus (Itália): 105 milhões /11-) Roma (Itália): 95 milhões / /12-) Lyon (França): 90 milhões / 13-) Schalke 04 (Alemanha): 88 milhões /14-) Hamburgo (Alemanha): 76 milhões /15-) Tottenham (Inglaterra): 74 milhões /16-) Olympique de Marseille (França): 70 milhões /17-) Newcastle (Inglaterra): 57 milhões /18-) Stuttgart (Alemanha): 56 milhões /19-) Manchester City (Inglaterra): 49 milhões /20-) Fenerbahçe (Turquia): 49 milhões.

Transcrito de Meio & Mensagem (Li no blog do Walter Giglio – foipenalty.blogspot.com).


Salários dos jogadores.

football-2

A mídia faz muito barulho por causa dos salários dos jogadores. A última notícia sobre isto mostrava o ranking abaixo sobre os dez jogadores mais bem pagos do mundo (salários anuais em euros):

1. David Beckham (Milan): 32,4 milhões
2. Lionel Messi (Barcelona): 28,6 milhões
3. Ronaldinho (Milan): 19,6 milhões
4. Cristiano Ronaldo (Manchester United): 18,3 milhões
5. Thierry Henry (Barcelona): 17 milhões
6. Kaká (Milan): 15,1 milhões
7. Zlatan Ibrahimovic (Inter de Milão): 14 milhões
8. Wayne Rooney (Manchester United): 13,5 millions
9. Frank Lampard (Chelsea): 13 milhões
10. John Terry (Chelsea): 11,7 milhões

É legal saber disso. Mas vejo que no meio do pessoal que tenta entrar na carreira de jogar, poucos ficam falando de dinheiro. Tenho visto que a maior parte gosta mesmo de jogar e luta para chegar lá. Em que momento será que a questão da grana pega mesmo? Será quando atingimos o time que mais queríamos ou começamos a ganhar realmente bem? Não sei, não. Mas seria bom que a gente continuasse lidando com esta questão do dinheiro com equilíbrio, sem perder a idéia que primeiro tivemos quando a gente quiz entrar no futebol.


Ilustração: http://www.futbolwallpapers.com

O problema das peneiras.

peneirandoParticipei de várias peneiras e sempre saía meio atônito delas. Não ficavam claras as regras pelas quais iriam selecionar/aprovar/eliminar a gente. Outras vezes, com regras claras, os técnicos nem olhavam o que fazíamos. A experiência é válida, já falei disto em outro post. Mas não é satisfatória.

Agora, estou em um grupo de jovens que está liderado por uma pessoa. Ele nos conseguiu um preparador físico e está organizando as partidas. Uma das coisas que mais me deixou bem foram as palavras desta pessoa sobre o que ele queria ver. Ele fala muito pouco mas tudo que diz é importante e claro. Nas peneiras, isso não acontecia. Ocorreram algumas peneiras em que os jogadores se mataram durante toda uma partida e os que estavam ali para analisar conversavam o tempo todo, mal olhando os jogadores. Esquisito… e desanimador!

As peneiras são boas para a gente se avaliar. Mas acredito que sejam um primeiro passo. Não podem passar disso. Se você se transformar em um profissional de peneiras (ou seja, passar um ano fazendo isso), é melhor parar e pensar sobre o que não está funcionando. E não considere apenas a possibilidade de ser só você o problema. O problema pode, sim, ser a peneira e os seus organizadores…

Um agradecimento aí para o Vina.

futebol-no-municipal04.jpg

Quando soube desta história da Traffic, onde empresários se juntaram para montar com a Traffic a escolinha de futebol, lembrei do Vina, que fez o possível para treinar a gente, lá no Ibirapuera. Ele tem a pizzaria dele, na Vila Mariana (Capo Vina, como já disse em outro post) e o tempo deve ser pouco, mas ficou com a gente, deu boas orientações e fez o que foi posssível para nos levar ao jogo com o Juventude Monterrey. Gente especial ele. A foto do time está aí para homenagear seu trabalho e sua amizade. Ele está lá na parte superior, à direita. Eu estou na parte superior, também, no lado oposto. Sou o segundo, mas vocês já me reconheceram, certo? Brigadão, Vina!

P.S. Vejam o post Criando Espaço, anterior a este e sobre o mesmo tema.

Traffic

A Traffic, uma empresa de marketing esportivo, teve uma idéia extraordinária que ajudaria muitos garotos. (Ainda não entendi direito o que faz a Traffic, até tinha pensado que era uma loja de artigos de esporte. Passei lá na frente e é um predio muito do chic! Fica ali perto do Joakin’s, cujo hamburguer curto muito).

Ela organizou uma escolinha de futebol, com apoio de empresários, e quando acha que os jogadores estão aptos a jogar profissionalmente eles emprestam para outros times. Eu soube a notícia pelo meu tio e ainda me faltam informações mas achei a idéia FANTÁSTICA. Parece que se a Traffic percebe que o jogador está muito bom, pode até vender ele para o exterior. Já pensou?

Agora, já fiz minha inscrição para a peneira da Portuguesa, estou pesquisando sobre a peneira do Palmeiras, e vou procurar saber mais desta história da Traffic porque me pareceu fantástica, como disse. Vamos em frente!